LiveZilla Live Chat Software
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
29/01/2018
Dados
Dados apontam queda no número de acidentes em vias da capital
Resultado de imagem para logo Detran/PADados divulgados pela Coordenadoria do Núcleo de Planejamento do Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran), com base nos números coletados por meio do sistema Integrado de Segurança Pública (SISP), apontam que, mesmo com o aumento da frota de veículos em Belém, algumas das principais vias da capital registraram redução de acidentes. Os números fechados são do ano de 2015 e 2016.

A avenida Augusto Montenegro, grande corredor de acesso de veículos e deslocamento de pedestres, por exemplo, reduziu de 833 acidentes em 2015 para 800 registros em 2016.

A rodovia Arthur Bernardes, que apresenta um grande volume de veículos pesados, teve os números mais significativos: saiu de 330 em 2015 para 274 acidentes em 2016, uma queda em torno de 20% no número de acidentes. A avenida Duque de Caxias foi outra via importante que apresentou queda no número de acidentes.

“Levando-se em consideração a importância dessa via (Augusto Montenegro) e o fato de estar em obras por causa do BRT, realmente é uma queda importante, visto que a população desta área na cidade também aumentou e com ela a circulação de veículos e pedestres”, comemora o Diretor Técnico Operacional do Detran, Walmero Costa. A frota da capital no ano de 2015 totalizava 412.342 veículos. Em 2016 o quantitativo teve um aumento de cerca de 14.000 veículos.

Reconhecendo os esforços na fiscalização do comportamento de condutores nestes resultados, Walmero Costa atribui a queda nos índices registrados na capital também às ações de educação e a mudança de postura da população. O diretor lembra que no decorrer do ano o Detran, por meio de sua Coordenadoria de Educação, promoveu ações educativas em escolas públicas, particulares e em entidades privadas, algumas localizadas nesses corredores.

A diretora titular da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMob), Ana Paula Grossinho, pontua que o órgão também vem investindo em educação para o trânsito no intuito da valorização da vida no trânsito da capital. “Um dos grandes desafios da mobilidade urbana é a mudança comportamental no trânsito e a Prefeitura de Belém vem centrando esforços para tornar o trânsito mais seguro e cidadão. Exemplos disso são as constantes campanhas educativas desenvolvidas pelo município que agregam não só o condutor, mas todos os atores que compõem o trânsito sejam eles motoristas de ônibus, de veículos particulares, motociclistas, ciclistas e pedestres. A diminuição no número de acidentes é um reflexo de que o condutor está mais prudente e consciente”.

Segundo o diretor de trânsito da Semob, Marcos Chagas, aliadas aos projetos educativos, outras medidas vêm sendo adotadas. "Também refletem na diminuição no índice de acidentes, como a implantação de radares, responsáveis em fiscalizar imprudências como o avanço de sinal vermelho e o excesso de velocidade, diminuição da velocidade máxima permitida na avenida Almirante Barroso, reforço na sinalização em vias com grande circulação de veículos, entre outras".

Educação

Os agentes de educação do Detran executam diversos projetos na capital, com destaque para o "Curso de Formação de Agente Multiplicador em Educação para o Trânsito". A capacitação tem como objetivo qualificar profissionais de diferentes áreas para atuarem como multiplicadores em educação para o trânsito, visando o desenvolvimento de projetos e práticas pedagógicas nas instituições onde trabalham. 

Outro projeto muito importante é o “Transitando nos Bares”, que consiste em abordagens educativas realizadas em estabelecimentos comerciais. As ações ocorrem por meio de uma abordagem descontraída aos frequentadores de bares. Os agentes educadores orientam e informam as pessoas sobre os riscos de dirigir sob o efeito de álcool e convidam para realizar, de forma espontânea, o teste do “bafômetro”.

No final da ação o público também é incentivado a escolher o motorista da vez ou motorista pai d’égua, pessoa que se propõe a não ingerir bebida alcoólica e que ficará responsável em conduzir os amigos que estão bebendo. O investimento em ações educativas é uma das prioridades da atual gestão. Os materiais educativos usados nas atividades são de cunho pedagógico, voltados ao público de diversas faixas etárias.
DETRAN/PA
« Voltar
 
PUBLICIDADE:
 
Trav. SN17, nº 162 - Cid. Nova IV
CEP: 67.133-520 - Ananindeua/PA
Fone: (91) 3235-1988
Fone: (91) 3234-3424
Fone: (91) 3273-0468
Rua Jerônimo Pimentel, nº 83
CEP: 66.055-000 - Belém/PA
Fone: (91) 3252-2058
Fone: (91) 3252-1386
Fone: (91) 3222-3334
Av. Pedro Alvares Cabral, nº 3774
(Esquina com a Av. Dalva)
CEP: 66.000-000 - Belém/PA
Fone: (91) 3231-3774
Av. 1ª de Dezembro, nº 658
CEP: 66.095-490 - Belém/PA
Fone: (91) 3228-1708
Fone: (91) 3228-1211
Fone: (91) 3236-4141
Rod. Augusto Montenegro, nº 609
(Esquina com Rua Joaquim Rezende)
CEP: 66.810-000 - Icoaraci/PA
Fone: (91) 3227-3263
Fone: (91) 3207-0888